Real Companhia Velha celebra 250 anos

No ano de 2006, a Real Companhia Velha celebra 250 anos de existência e de atividade ininterrupta ao serviço do Vinho do Porto.
Para trás, fica o registo de uma história fabulosa e de um passado gloriososo. Para o futuro, existe a vontade de manter a elevada qualidade dos seus produtos e a confiança numa Companhia onde o rigor e a visão de fazer ainda mais história são preocupações constantes.
Desde a sua instituição, por Alvará Régio de El-Rei D.JoséI, em 10 de setembro de 1756, muitos outros Reis reinaram em Portugal, sendo a importância e o valor da Real Companhia Velha bem demonstrados através dos valiosos serviços prestados à comunidade, assim como pelos privilégios majestáticos concedidos por D.Maria I, D.João VI, D.Pedro IV, D.Maria II e D.Pedro V, Soberanos Protetores da Companhia.

Poucas Companhias persistiram durante tanto tempo, especialmente no setor dos Vinhos, o que torna a Real Companhia Velha única. A sua história está ainda intimamente ligada à história do Vinho do Porto e do próprio País. Durante mais de um século, entre 1756 e 1865, a Real Companhia Velha desempenhou um papel relevante na produção e comércio do Vinho do Porto, tanto como Organismo Regulamentador como na promoção do próprio setor, pelo que se pode afirmar que a história da Companhia é, praticamente, a história do Vinho do Porto.

Real Companhia Velha 2014 design & development: LK Comunicação | PublicDomain