‘Porca de Murça tinto’ em 39.º entre os 100 melhores vinhos do Mundo na lista da Wine Spectator
O Porca de Murça Tinto da colheita de 2013 está em 39.º lugar da lista dos 100 melhores vinhos do mundo, compilada pela Wine Spectator, a prestigiada revista norte-americana. O néctar da Real Companhia Velha é o vinho mais acessível desta lista (garrafa a valer 10 dólares no EUA e €2,99 em Portugal), o que reafirma a sua qualidade associada a um excelente preço. O editor e provador dos vinhos portugueses Kim Marcus afirma mesmo que este é um vinho para beber já ou até 2020.
Para vigorarem nesta shortlist, os 100 eleitos tiveram que passar por uma criteriosa selecção por parte do grupo de provadores da revista Wine Spectator. A classificação é apenas um dos critérios e só os vinhos da categoria “Outstanding”, ou seja, com 90 ou mais pontos, passam à fase seguinte. A qualidade, o preço, a disponibilidade, a relação custo-benefício e o ser considerado um vinho “excitement” completam a lista de parâmetros. 
Aliado aos 90 pontos, o facto de o ‘Porca de Murça tinto 2013’ custar $10,00, quando a média dos 100 mais rondar os 47 dólares, e ter uma produção de cerca de 250 mil garrafas pesou certamente na sua escolha. Um vinho comercial e de volume com a assinatura enológica de Jorge Moreira e a chancela de qualidade da Real Companhia Velha. 
Recorde-se que, em Julho, a prestigiada revista norte-americana já tinha dado um grande destaque a este vinho, ao atribuir-lhe 90 pontos; uma performance que lhe valeu o selo de ‘Best Value’ e a eleição de Wine of the Week, divulgada na newsletter Sips & Tips. Um triplo reconhecimento com particular relevo porque nos últimos seis meses e no universo de ‘Vinhos até 10 dólares’ foi o único europeu a conseguir esse feito. Igual destaque teve apenas outro vinho, um do novo Mundo, produzido na Austrália. 
Pertença da Real Companhia Velha, ‘Porca de Murça’ é a marca de vinhos líder de vendas de DOC Douro, com uma produção a ultrapassar os 3 milhões de garrafas. 
Real Companhia Velha 2014 design & development: LK Comunicação | PublicDomain